quarta-feira, 4 de maio de 2016

Bonecas Abayomi

   Esta história começou há centenas de anos, em um tempo que pessoas eram comercializadas como coisas e obrigadas a trabalhar e servir em todos os sentidos outras pessoas economicamente mais fortes. 
   Os africanos foram trazidos da África para o Brasil em grandes navios, atravessando o oceano Atlântico com fome, sede, calor, medo e esperança. Eram viagens muito difíceis, longas e cansativas, e muitas pessoas vieram apenas com a roupa do corpo. Algumas viagens duravam meses. Muitos nem chegaram, morreram no caminho.
   As crianças choravam assustadas, porque viam a dor e o desespero dos adultos. As mães negras, então, para acalentar suas crianças, rasgavam com as próprias mãos tiras de pano de suas saias e faziam bonecas para os pequenos brincarem. Sem costura alguma (apenas nós ou tranças), as bonecas não possuem demarcação de olho, nariz nem boca, isso para favorecer o reconhecimento das múltiplas etnias africanas. 
   A palavra abayomi tem origem no iorubá, e significa aquele que traz felicidade ou alegria. É como oferecer ao outro o que se tem de melhor, algo que carregue nossas melhores qualidades. Dar uma boneca abayomi é um ato de nobreza, é dar a uma pessoa querida aquilo de melhor que temos a oferecer, então se as mães negras ofereciam a boneca em sinal de amor, carinho, consolo, arrancando com as unhas pedaços de suas roupas, imagine quão nobres eram os sentimentos dessas mães...
   Considerado um amuleto para todos nós até hoje, essas bonecas são criação de uma cultura milenar, todas têm o mesmo propósito, que é de acalentar a quem se presenteia. 
   No encontro de hoje, na OFICINA DE CRIATIVIDADE, foram confeccionadas as bonecas, exercitando a empatia, que é a capacidade de nos colocarmos no lugar do outro e compartilhar este sentimento. 
  Para comemorar o DIA DAS MÃES, nos colocando no lugar daquelas mães que tanto sofreram e mesmo assim souberam usar a sua criatividade para acarinhar os seus filhos. 

   Vejam que lindas ficaram:

   As nossas artistas:

2 comentários:

  1. Linda história, mãe faz tudo pelos filhos, qualquer coisa para vê-los felizes.E estas mães merecem nossa admiração pois mesmo não tendo como dar alegria a seus filhos, tiveram a brilhante ideia de rasgar suas roupas para confeccionar brinquedos para alegrar os pequeninos, gesto maravilhoso e nobre. Ficaram lindas! Parabéns meninas.

    ResponderExcluir
  2. Linda história, mãe faz tudo pelos filhos, qualquer coisa para vê-los felizes.E estas mães merecem nossa admiração pois mesmo não tendo como dar alegria a seus filhos, tiveram a brilhante ideia de rasgar suas roupas para confeccionar brinquedos para alegrar os pequeninos, gesto maravilhoso e nobre. Ficaram lindas! Parabéns meninas.

    ResponderExcluir